Brasil vai às ruas contra reformas de Temer, por diretas já e em solidariedade a Lula

Compartilhe: Facebook Twitter Google+



A Frente Brasil Popular vai realizar, na próxima quinta-feira (20), atos nacionais em todas as capitais dos estados contra as reformas de Temer, por eleições diretas já e em solidariedade ao ex-presidente Lula, condenado injustamente pelo juiz Sérgio Moro Em Porto Alegre haverá um ato, às 17h30, na Esquina Democrática, que já virou palco de resistência e mobilização contra os ataques dos golpistas.

Além de fortalecer a mobilização contra a retirada de direitos da classe trabalhadora e pelo estado democrático de direito, o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, salienta a necessidade de manifestar solidariedade a Lula.

“Moro não proferiu sentença. Sentença é para juiz. O que o Moro determinou foi uma tentativa de cassação política do direito de Lula de concorrer à Presidência da República”, aponta Vagner.

Por isso, na avaliação do dirigente da CUT, os atos nacionais do dia 20 serão importantes para mostrar força na defesa do ex-presidente e da democracia. “Eleição só tem legitimidade com a participação de Lula, senão é uma farsa. Todos às ruas e sairemos vitoriosos dessa batalha”, conclama.

Para o coordenador nacional do MTST, Guilherme Boulos, a condenação de Lula é “vergonhosa” por ser uma condenação sem provas e pela atuação de acusador e não de juiz de Sérgio Moro.

“E mais do que isso, não dá para aceitar essa sentença porque ela é evidentemente um atalho político para tirar Lula da disputa eleitoral. É tapetão. Por isso, o MTST é solidário ao presidente Lula e vamos ajudar a construir uma grande mobilização nacional no próximo dia 20”, anuncia Boulos.

Fonte: CUT-RS

INFORMAÇÕES PARA CONTATO

Rua Vicente da Fontoura, 1262/203
Rio Branco - Porto Alegre/RS.

Telefone: (51) 3235-2265

E-mail: feteesul@feteesul.org.br